AS VINTE CHAVES MÁGICAS E OS VINTE NÍVEIS - O Vigésimo Nível um livro, uma jornada interna, em busca daquilo que você não se deixa ver. É a descoberta, no reencontro do meu melhor como indivíduo. Clique para ler os livros. No rodapé do Blog.

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Gratitude - A sua pedra gravada de gratidão


Existe uma pequena história que ronda a Internet desde há muitos anos. Eu vou transcrever ela aqui. Diz assim:
Charles Plumb era piloto de caça dos EUA e serviu na guerra do Vietnã. Depois de muitas missões de combate, seu avião foi derrubado por um míssil. Plumb saltou de paraquedas, foi capturado e passou seis anos numa prisão norte-vietnamita.
“Ao retornar aos Estados Unidos, passou a dar palestras relatando sua odisseia e o que aprendera na prisão. Certo dia, num restaurante, foi saudado por um homem: “Olá, você é Charles Plumb, era piloto no Vietnã e foi derrubado, não é mesmo?” “Sim, como sabe?”, perguntou Plumb. “Era eu quem dobrava o seu paraquedas. Parece que funcionou bem, não é verdade?” Plumb quase se afogou de surpresa e com muita gratidão respondeu: “Claro que funcionou, caso contrário eu não estaria aqui hoje.”.
“Ao ficar sozinho naquela noite, Plumb não conseguia dormir, pensando e perguntando-se: “Quantas vezes vi esse homem no porta-aviões e nunca lhe disse Bom Dia? Eu era um piloto arrogante e ele um simples marinheiro.” Pensou também nas horas que o marinheiro passou humildemente no barco enrolando os fios de seda de vários paraquedas, tendo em suas mãos a vida de alguém que não conhecia.”
Agora, Plumb inicia suas palestras perguntando à sua platéia: - Quem dobrou teu pára-quedas hoje?
Todos têm alguém cujo trabalho é importante para que possamos seguir adiante. Precisamos de muitos paraquedas durante o dia: um físico, um emocional, um mental e até um espiritual. Às vezes, nos desafios que a vida nos apresenta diariamente, perdemos de vista o que é verdadeiramente importante e as pessoas que nos salvam no momento oportuno sem que lhes tenhamos pedido.
“Deixamos de saudar, de agradecer, de felicitar alguém, ou ainda simplesmente de dizer algo amável. Hoje, esta semana, este ano, cada dia, procura dar-te conta de quem prepara teu paraquedas, e agradece-lhe. Ainda que não tenhas nada de importante a dizer, envia esta mensagem a quem fez isto alguma vez. E manda-a também aos que não o fizeram. As pessoas ao teu redor notarão esse gesto, e te retribuirão preparando teu paraquedas com esse mesmo afeto.”
Todos precisamos uns dos outros, por isso, mostra-lhes tua gratidão. Às vezes as coisas mais importantes da vida dependem apenas de ações simples. Só um telefonema, um sorriso, um agradecimento, um “Gosto de Você”, um parabéns…

Esta história do Capitão também conhecido como “Charlie Plumb”, é real e foi “inserida” no filme “Bom dia Vietnã” - Good Morning Vietnã, 1987.  Deve ter chegado ao Brasil nos anos 90, e alguns anos após em VÍDEO CASSETE. Esta “passagem” ficou na minha memória, e deu origem ao palestrante Plumb que hoje leva o nome – QUEM DOBROU SEU PARAQUEDAS – está no filme e vale a pena ser assistido.

Este pensamento segue a linha da “gratidão” e sem demérito em agradecer; gentileza gera gentileza, e a máxima “o que eu posso fazer por você hoje?”.
Óbvio que em determinados momentos ao agradecer àquele ou aqueles que “dobraram nosso paraquedas”, poderemos não estar fazendo no momento adequado para a pessoa. Ela poderá não entender, ou não esperar isto de você porque talvez não seja comum isto em sua personalidade: - agradecer, ser grato.
São tempos difíceis para a humanidade, e o homem sofre sua própria perseguição.
Mesmo ao agradecer, às vezes aquele que é grato, não é compreendido ou entendido, e por vezes então podemos esmorecer.
Mas o importante é o que fica em nós, pelo simples ato de sermos gentis.
Mas a gratidão vem com a maturidade assim como a capacidade de compreendê-la, também.
E o ato de agradecer, ainda que por vezes incompreendido ou mesmo nem aceito, fica gravado como se fosse numa pedra. Eternamente. Em algum momento da vida daquele que recebeu o agradecimento, ao revirar “os bolsos dos pensamentos dele” ele encontrará “a sua pedra gravada de gratidão”. E se lembrará com amor, carinho e respeito de E por você.
E Gratitude gera saúde e bem estar.
Como seres quânticos que somos, podemos escolher entre as inúmeras possibilidades para o próximo evento das nossas vidas.
Podemos escolher aquilo que quisermos, da forma que quisermos e quando quisermos, e expressarmos da maneira que também quisermos.
Está é a mágica: - Os próximos eventos serão todos dependentes e em acordo com este anterior. E existem infinitos eventos em nossas vidas. Infinitos a cada instante, e infinitos no espaço e no tempo. Para “trás” e para “frente”.
E isto é que é o mais difícil de ser “manipulado”: - nosso livre arbítrio em escolher não exclusivamente o que é bom e perfeito para mim, mas para uma coletividade, seja em casa, na rua, no trabalho, nas nossas atividades, etc.
  • ·         O “evento” atual é o mais importante de todos;
  • ·         Os eventos anteriores fizeram o que você é hoje;
  • ·         E o seu futuro é traçado desde sempre, mas neste momento pode ter a sua intervenção. 

“Gratidão
A dificuldade está em saber se vamos cometer um erro; precisamos ter muita noção, muita reflexão, para poder decidir e concluir. Se nossa estrada, é problemática, é melhor fazer um acordo com o destino, para parar de sofrer. “Mas, se é de soluções razoáveis e sincronismos abundantes, então é melhor você se doar um pouco para aqueles que solicitarem, pois que bom que podes evoluir pelo amor; nem toda a humanidade, pode, e hoje mais do que nunca eu e você estamos vendo isto.” (O PODER DA INTENÇÃO – a Bioenergia e a Bionergização – Técnica e Prática pg 292)

Hoje quando sentimos emoções muito positivas como gratidão, amor, ou apreciação, o coração bate intenso e uma mensagem muito diferente se produz. O coração emite um grande campo eletromagnético que é produzido no corpo e muita informação pode ser transmitida e recebida a partir dele. “A informação emocional é realmente codificada e modulada para estes campos. Ao aprender a mudar as nossas emoções, estamos mudando a informação codificada nos campos magnéticos que são irradiadas pelo coração, e que pode impactar aqueles que nos rodeiam. Estamos fundamentalmente e profundamente ligados uns aos outros e ao próprio planeta. "-Rolin McCratey, Ph.D, diretor de pesquisa do Institute of HeartMath. (Em A ERA DO RACIOCÍNIO QUÂNTICO, pg 23)

Mas amor, gratidão, paz, saúde, fraternidade, humanidade, bem-aventurança, amizade, abraço, beijo, sexo, prazer, são frequências que nos “aliviam”; você sente isto?

•             Quando uma potente emissora de “amor, esperança, gratidão, união, tranquilidade, afeto, docilidade” encontra um receptor que está com o canal da frequência de “amor, esperança, gratidão, união, tranquilidade, afeto, docilidade” aberto, elas também entram: - São frequências, energias, produzidas pelo cérebro, pela mente. É ciência. Ao colocarmos alguém num scanner podemos verificar que determinadas partes do cérebro se iluminam enquanto visualizam imagens de uma natureza benéfica, e outras de natureza nociva, possuem até cor, dimensão em diferentes regiões do cérebro. São estas formas pensamento que dão o “start” inicial necessário para estas frequências emocionais. (A ERA DO RACIOCÍNIO QUÂNTICO pg 110).

O deserto se faz presente quando o solo é árido. E não existem “reis” nem “reinados” num deserto, ou na aridez humana.

O ser humano tem a tendência de não conseguir ver “quem dobrou seu paraquedas”, mas quem vigia os próprios passos, sabe por onde seus pés passaram. E, SE nas pisadas dos seus passos existiu gratidão, ao olhar para trás você verá uma floresta verdejante que o acolherá novamente se precisar de sombra e de água fresca.

Não espere o tempo passar para ser grato, para ser fraterno, para compreender, para levar entendimento onde você for. Não espere o tempo passar para ir buscar o afeto, o amor, que você deveria ter semeado no passado, na tentativa de replantar o seu deserto que hoje é de rancores.

Não espere o tempo passar em busca de amigos, amizades, entendimento, aceitação, família, valores perdidos, não reconhecidos. Não perca esta oportunidade que todos temos: - de sermos bons, belos, e de boas vontades.

Incluir “gratidão”, “querer saber quem dobrou seu paraquedas” e agradecer por isto em seus eventos diários vai transformar para melhor seu futuro e de todos que você ama. Mesmo aqueles que ainda nem nasceram.


Obrigado a você por estar aqui. De coração.

segunda-feira, 14 de novembro de 2016

A nossa luz significa a nossa liberdade como espécie.


Dos inconfidentes, até a super Lua - mais brilhante Lua Cheia em cem anos em 14/11/2016 -  a liberdade ainda nos é negada. Liberet te Quæ Sera Tamen (Liberta-te ainda que tarde - Não. Não é o mesmo dístico dos inconfidentes, mas poderia.) 


Cada dia nos aproximamos mais e mais em compreender através da Ciência dos homens – o sistema que possuímos em adquirir informação baseado num método organizado de conhecimento que é conseguido através de pesquisas - a confirmação da capacidade restabelecimento da saúde com métodos especiais de tratamento, já utilizado por muitos povos e civilizações no mais distante passado, e inclusive na atualidade.
Acreditamos veementemente, porque assim nos foi “ensinado” que somos o “top” da civilização de qualquer espécie que habita ou habitou a Terra, e que tudo começou num “ponto zero” e todos nós (eu, você, etc.) e que agora na aurora do século 21 somos a “espécie” mais desenvolvida, sob todos os aspectos estamos no topo em relação a tudo e todos que aqui neste Planeta já estiveram.
Somos o “máximo”...
De fato não somos, nem nunca seremos. Diante das nossas fraquezas intelectuais, possivelmente signifiquemos a versão que mais se alienou das suas reais origens, capacidades e competências, e possivelmente sejamos a mais fraca versão da faculdade de conhecer, compreender e aprender, uma vez que nossos valores estão distorcidos, nós lutaremos para ser “aquele profissional”, ou possuir “aquela profissão”, ou atividade, que gere mais renda, lucro ou salário.
A nossa capacidade de compreender e resolver novos problemas e conflitos e de adaptarmo-nos à novas situações e a partir daí criarmos as soluções para nossas vidas, estas não possuímos. Somos como eu disse dependente daquilo “que outros criam ou venham a desenvolver”, para irmos adiante, ou não.
E quando alguns de nós possuímos mais facilidades para “conhecer, compreender e aprender”, cria e vende. Domina.
Sabemos escolher o melhor Smartphone, mas não sabemos produzir um, e a maioria não tem conhecimento como funciona. Da mesma forma um carro, um motor.
Somos dependentes da criação tecnológica daqueles que possuem melhor qualidade de ensino e, portanto, conhecimento para criar tecnologia, mas “entregar” para a população apenas o que pode ser “vendido” para que lucros sejam auferidos para que novas pesquisas sejam efetuadas, para que mais produtos sejam vendidos para dar suporte ao desenvolvimento de tecnologia que não esperam que você saiba.
Eu vou resumir parte do que você poderia ter e ser hoje: - independente energeticamente de qualquer servidora de eletricidade. E não falo de moinhos e pás giratórias, mas de energia livre. Seu alimento não precisaria mais ser comprado, você o produziria em sua casa, assim como produziria a sua água para consumo. Sim, nós temos tecnologia para tudo isto; juntar dois átomos de hidrogênio, com um de oxigênio, mantendo o ângulo de 104,5º entre os átomos de hidrogênio, para muitos de nós é incompreensível, mas em muitos “lugares” e “situações”, é corriqueiro, e indiscutível. Você poderia ir a qualquer lugar do planeta em segundos. Tem muito mais.
Nossa percepção da realidade é limitada aos nossos cinco sentidos.
A realidade que de fato existe, está além da nossa capacidade de observá-la, isto é biologia. Por que nossa visão é limitada a uma faixa pequena de espectro. Nossa audição também, nosso olfato, tato e paladar, da mesma forma.
Consequentemente, nossa Ciência, ainda que vivaz, também é circunscrita a esta limitação biológica.
Ou seja, existe uma “realidade” que nenhum de nós poderá sequer jamais vislumbrar, muito menos analisar cientificamente, pois ela, esta realidade “indetectável” pelos nossos cinco sentidos não pode ser “medida”.
Cães escutam ultrassom, nós não. Apenas um simples exemplo.
Toda a realidade que qualquer um de nós vislumbra, dum copo de água até o mais infinito no Universo, é composto por átomos, onde eventos quânticos ocorrem dentro duma vibração diferenciada chamada de frequência. Cada “coisa” tem sua frequência e por isto você distingue cada uma das “coisas” que compõem a realidade.
Inclusive nós que somos feitos de átomos e emitimos luz, cada um de nós possui a sua “digital eletromagnética”, representada pela frequência de luz que você emite.  
Nossa realidade é composta por átomos. Esta “realidade” provém do que ainda se chama “flutuações quânticas” que estão dentro do átomo. E é de dentro do átomo que tudo o que você vê, e interage, se origina.
Com inúmeras partículas, possuem um estado "não local", ou seja, elas "somem" e "reaparecem" a todo instante. E isto está ocorrendo com tudo a sua volta, e com você também.
Não falamos da recuperação ou regeneração. Em 07 de novembro de 2016, foi publicado na revista NATURE PHYSICS um artigo falando a respeito da medição completa do processo que ocorre quando um elétron escapa do átomo, o denominado efeito fotoelétrico de Einstein.
Eles fizeram isso disparando uma gama de lasers em um átomo de hélio, e foram capazes de medir todo o efeito fotoelétrico. Ou seja, em resumo: - eles conseguiram através da emissão de fótons do laser, remover o elétron da órbita do átomo.
Quando um elétron é “excitado” ele adquire energia, e se “desprende” do núcleo.
Uma vez que esta energia tenha sido “consumida”, ela se “perde” em forma de “luz”, e produz o salto quântico.
Mas sabe o que é mais importante que todos devemos saber?
Outra pesquisa colocada à disposição da população demonstrou que “o corpo humano literalmente brilha e emite luz visível em quantidades e níveis que sobem e caem com o dia”. Os pesquisadores descobriram que o brilho do corpo subiu e caiu ao longo do dia, com seu ponto mais baixo às 10 da manhã e seu pico às 4 da noite, caindo gradualmente depois disso. Estes resultados sugerem que há emissão de luz ligada aos nossos relógios corporais, provavelmente devido à forma como os nossos ritmos metabólicos flutuam ao longo do dia.
Ora se os pesquisadores que usaram feixes de laser (luz – fótons) para excitar um elétron e que toda esta pesquisa mostrou que a coisa inteira do começo ao fim tomou entre 5 e 15 attoseconds (10-18 segundos), o que nós seres humanos não poderíamos fazer com a BIOENERGIA e a BIOENERGIZAÇÃO? Que dura das 10 da manhã e tem seu pico às 4 da noite, e que em procedimentos especiais é possível manter o controle desta energização?
E as aplicações que são possíveis? Ah! Tem que conhecer este poder em você... 
Pois então. É isto. E é apenas uma parte do todo. Mas esta “parte” do todo você não encontrará em qualquer lugar para aprender, porque isto significa liberdade de conhecimento e escolha e isto não interessa ao sistema, pois que não só este conhecimento, mas qualquer outro mais elevado poderá libertá-lo. E liberdade é tudo o que eles NÃO QUEREM que tenhamos. E ninguém vai dar sua liberdade para você, ainda que a você pertença e tenha direitos legítimos sobre ela como cidadão do Universo.
Somos nós quem decidimos se desejamos lutar por esta liberdade e chegar no ponto de nos tornarmos de fato independentes.
Vale a pena ir à aula. Vale a pena questionar seu professor. Vale a pena o conhecimento, pois é ele quem liberta.

Bibliografia
Scien Alert - Scientists have measured the smallest fragment of time ever - We just witnessed an electron escaping an atom. 14 NOV 2016.

NATURE PHYSICS | ARTICLE -  Attosecond correlation dynamics - Published online 07 November 2016.

Live ScienceHealth - Strange! Humans Glow in Visible Light - By Charles Q. Choi, Live Science Contributor | July 22, 2009

American Academy of Quantum Medicine (QFA-AAQM) - A Non-profit Association — a Division under QuantaFoods Association, A Private Membership Health-care Association.




segunda-feira, 31 de outubro de 2016

O aprendiz dedicado reconhece as inúmeras possibilidades


Nós precisamos percorrer a maior quantidade de possibilidades possíveis até que consigamos atingir o primeiro de uma série de objetivos que nos levará até nosso propósito.
A Física Quântica admite: “- As possibilidades de um evento são inúmeras”; "são infinitas as possibilidades".
Objetivos e Propósito são diferentes. Um conjunto de objetivos bem posicionados, leva ao propósito final.
Objetivo é o resultado de um conjunto de eventos criados por nós no Universo local e pelo próprio Universo local em resposta às nossas criações de eventos.
É um processo cíclico e que depende exclusivamente de nós e das análises que podemos fazer como observadores.
Objetivos sempre serão maiores do que a unidade (1); haverá sempre mais de um objetivo na jornada até o seu propósito.
Propósito é, vamos dizer assim, um desígnio de uma vida, o objetivo maior que pode ainda não ter se abrido para você.
E todas suas ações, das menores imagináveis a aquelas que você nem supõe que esteja fazendo, estão a criar eventos.
Do equilíbrio entre os eventos criados por nós, em concordância com os eventos criados pelo Universo local, neste processo cíclico, é que vamos descobrindo todas as inúmeras possibilidades que precisamos testar e aplicar AO MESMO TEMPO, para cumprir o objetivo em que estamos para passarmos para o próximo objetivo. Este é o caminho até o seu propósito, o seu desígnio na vida.
Para isto você precisa encontrar o Fluxo Bem Aventurado da Criação, em sua jornada e região.
Assim, objetivos são pontuais e estão em acordo com os eventos criados por nós no Universo local que responde com outros eventos, para que possamos elaborar uma nova estratégia a cada objetivo.
É como um espelho que reflete nossas ações, e veremos em contrapartida neste “espelho” a imagem e semelhança dos nossos atos.
Esta é uma das fases e faces da criação da realidade: - Porque os eventos de resposta do Universo local estão diretamente relacionados com a nossa criação de eventos neste mesmo Universo.
Um pintor de paredes: - Ele olha a fachada do prédio; discute a cor; o proprietário manda preparar a cor; adquire a tinta; o pintor se organiza; prepara a tinta; encosta a escada; faz a limpeza prévia; dá a primeira “demão”; chama o proprietário para avaliar; se há algo que não está em acordo, ocorre uma reformulação; e por aí vai. Cada ponto neste exemplo simples corresponde a um objetivo; em cada objetivo, inúmeras possibilidades de concluí-lo; O propósito final, o DESÍGNIO para aquela função, é o prédio pintado e renovado. O Desígnio de vida da pessoa que pintou, era ser um profissional de pintura de prédios, e ele deve ter superado inúmeros objetivos até sua profissionalização. O primeiro deles foi ser um aprendiz dedicado.
Esta troca de eventos regula o ambiente do Universo em que estamos inseridos, de modo a manter uma condição mais próxima do estável, mediante os múltiplos ajustes de equilíbrio dinâmico que fazemos controlados por mecanismos de regulação que são: CONHECIMENTO, ABSTRAÇÃO, INTERAÇÃO, RESOLUÇÃO -> novo evento. Todos estão inter-relacionados.
A nossa relação com os eventos que criamos tem uma característica de um sistema aberto, porque se trata de uma afinidade especial que ocorre entre seres vivos de várias naturezas.
É desta relação equilibrada que nascem os eventos, após detectarmos todas as possibilidades infinitas, mas trabalharmos para executarmos as possibilidades plausíveis, possíveis e adaptadas ao nosso objetivo. Existirão nesse mar infinito de possibilidades, inúmeras que não servirão ao seu desejo de cumprir o objetivo. Ainda que existam infinitas possibilidades, não há como testá-las todas, mesmo porque nem todas elas servem. Então você deve saber escolher, necessita saber "ver", "enxergar", aquelas possibilidades que melhor se encaixam para ajudar resolver o objetivo em que você está. 
Ao devolvermos nosso trabalho “em cima” destas possibilidades para o Universo local, então criamos eventos que logo a seguir vão retornar como resposta deste mesmo Universo local.
Pela interação entre CONHECIMENTO, ABSTRAÇÃO, INTERCÂMBIO com o Universo local, seguimos trabalhando em comunhão com o Fluxo Bem Aventurado da Criação até chegarmos a uma nova RESOLUÇÃO que resolva o objetivo no qual estamos operando e então, seguirmos adiante até atingirmos o próximo e novo objetivo no caminho ao nosso desígnio.

Se você quiser saber mais como eu avalio estas questões:






Parcial do meu livro:

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Do infinito até a Eternidade e de Paramahansa Yogananda ao Computador Quântico.











Nós podemos fazer UM trabalho para um OUTRO. Nós não podemos é fazer O trabalho deste outro. Perceba a diferença.

O trabalho do outro, ao outro compete. É responsabilidade dele, dar início no mental dele próprio; criar os elementos de efetivação no Universo local e dar o devido fim em todos os Universos, incluindo o que já foi feito no Universo local e logo a seguir no Universo externo; demonstrando como cumprida uma tarefa que lhe foi incumbida, ou escolhida, ou ainda aceita.

Mas você pode ser um “escolhido” por um “outro qualquer” para ajudar no trabalho dele. E os limites da sua competência para este auxílio no trabalho dele, serão governados pela LEGITIMIDADE que este outro que lhe pede auxílio, vai ou deve dar para delimitar sua atuação.

Você não pode ir além, e nem pode ficar aquém. Se você for além da legitimidade concedida a você, estará assumindo um compromisso que não é seu, e uma imensa responsabilidade que possivelmente não poderá cumprir, por que não possui as ferramentas que um tempo sem fim colocou no outro. E você não pode ficar aquém, ou abaixo da sua incumbência como colaborador, por que então você não estará fazendo o suficiente ou o necessário para que o trabalho do outro, se complete.


Nenhum apóstolo poderia ter sido Jesus. E nenhum apóstolo poderia deixar de ser o que foi e fazer o que fez da forma como fez e quando fez, se não fosse concedida a legitima permissão para trabalhar por Jesus. Este é apenas um exemplo, para você entender o parágrafo anterior.

Mas e por que é você o AUTOR ou o COLABORADOR?


Sincronismo e eventos, ou episódios em sua vida e na vida e existência de um infinito de outros eventos que você não pode imaginar o quão imenso é.
Um simples exemplo: - Você é o que é HOJE, porque um dia, um determinado dia e hora, o seu pai e a sua mãe conduzidos por uma infinidade de outros eventos na vida de cada um deles, e na vida dos pais deles, e dos pais dos pais dos pais deles, mantiveram uma relação sexual e exatamente àquela relação sexual naquele óvulo maduro da sua mãe, encontrou o único espermatozoide que teve capacidade para vencer a corrida na emissão das células germinativas (espermatozoides) no clímax do seu pai e fecundar o óvulo maduro da sua mãe. Se fosse o dia seguinte, ou no anterior, certamente seria o mesmo óvulo, mas outro espermatozoide é quem iria vencer a corrida. E você não seria você, mas outra pessoa.(células somáticas - envolvidas diretamente na reprodução). E isto aconteceu com o nascimento dos seus pais; e com o nascimento dos seus avós, e com o nascimento dos seus bisavós, e então você segue seu pensamento para “trás” no infinito, e até antes da “formação” da Terra. E até onde sua mente poderá supor, lá estará um evento ou um episódio, que bilhões de anos depois, levaria seu pai e sua mãe a manter relações naquele exato momento. Mas, os eventos gerados a bilhões de anos, foram “construídos” por outros infinitos eventos ou episódios, ainda bilhões ou trilhões ou quatrilhões de anos antes do primeiro bilhão de eventos que falei no início.



Então você só é você, e ninguém mais pode ser você. E você só faz o que faz ou fará o que tem que fazer, porque só você pode fazer e mais ninguém. Eventos ou episódios.
Assim, “As coisas que precisamos enfrentar são criadas por nós em inúmeros eventos da nossa vida pregressa. O seu caminho de amanhã, está sendo construído aí, e agora. E o de hoje, foi construído também pelo dia de ontem. Não é algo que se possa chamar de simples.” (Dê Estrada ao Tempo e Espaço ao Vento – Livro pela PerSe).

Tudo aquilo que a sua mais infinita descendência será no infinito futuro, está sendo construído aí e agora, neste exato momento, por você.

Por isto você é o autor da sua vida, e colaborador em outras. E só você pode ser o autor da sua vida e só você pode ser o colaborador em alguns dos eventos da vida de outros, SE autenticado por um chamamento deste outro. E no meio de tudo isto, tudo o mais que estiver acontecendo, são outros tantos infinitos episódios ou eventos que geraram cada palavra, cada gesto, cada conversa, para ocorrer o que esta ocorrendo neste exato momento em sua vida.


A física quântica é isto: - nos mostra as infinitas possibilidades.
"Quando você quer alguma coisa, todas as pessoas envolvidas tomam parte e contribuem para que você realize o seu desejo (ou não)." A Era do Raciocínio Quântico, pág. 148 (Livro na Perse e mundialmente pela Amazon).
Pessoas=uma das parcelas do Universo local num conjunto infinito de possibilidades em que, cada uma das possibilidades possíveis foi gerada por seus respectivos eventos anteriores e posteriores.

O Universo Local É O UNIVERSO CORRETO onde você deve depositar de forma estratégica e programada e com o correto lobbying, exercer a atividade de influenciar este ambiente objetivando interferir diretamente nas decisões Dele para com seus anseios e desejos e obter o que mais especial este poder tem em seu favor e para sua causa, seus anseios e desejos com a Lei da Atração. Se você estava enviando seus desejos para O Universo externo, sinto muito, mas você enviou errado, você mandou para as estrelas, cometas, planetas, asteroides tudo o que você pediu. É como se você morasse em Marte e enviasse seus pedidos para a Terra, inclusive.

Quando você quer alguma coisa, e esta coisa tem um propósito para “o universo local”, “todo o universo local” conspirará para que você realize o seu desejo. Se não for com você, como é tão bom e necessário, e “universo local” gostou será com outro alguém. A Era do Raciocínio Quântico, pág. 148 (Livro na Perse e mundialmente pela Amazon).

Se você foi designado AUTOR, cumpra, da melhor forma que você puder. Faça o melhor que você puder, com o que tiver, e então o Universo Externo reconhecerá um ser “caprichoso”, ou cuidadoso, zeloso, responsável, e sua obra, ainda que você entenda-a como “pequena” será prezada e honrada por este mesmo Universo e logo a seguir, pelo Universo local.

Não seja “medíocre”, que em possuindo todas as condições para fazer o melhor como AUTOR não consegue nem mesmo ser um bom COLABORADOR, ou coautor.

Ambos serão reciclados. Tanto o AUTOR quanto o COLABORADOR, se não cumprirem a necessidade do Universo, outros o farão e você como AUTOR ou como COLABORADOR, irão embora.

Esforça-te, e tem bom ânimo, porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria. Josué 1,6

Eu sempre comento meus textos com passagens da Bíblia, não como respaldo religioso, mas como escrito de algum iluminado pela Divindade que nos trás do longínquo passado uma sabedoria popular ou erudita em textos considerados sagrados e que não podem ser perdidos, pois nos fazem aprender verdades que podem ser aplicadas em nossas vidas. Não há como não reverenciar textos que ainda que tenham sido omitidos, cortados ou modificados, mas sabendo procurar no lugar certo, encontrará um "produto" de muitas mentes privilegiadas iluminadas e que muito pode auxiliar ainda nos dias de hoje.
Retirando-se o fundamentalismo religioso que acompanha, excepcionalmente, as religiões obviamente.
Desta passagem de Josué 1,6 apareceu o incrível dito popular “FAZ POR TI QUE EU TE AJUDAREI”.

Mestres Iogues

Provei uma colherada. - Que morangos deliciosos! _ exclamei. Imediatamente, a predição de meu guru em Simla emergiu da caverna insondável da memória. Com reverência constatei que, há muitos anos atrás, a mente de Sri Yuktéswar, sintonizando Deus, captara o programa de eventos cármicos vagando no éter de meu futuro.” (PARAMAHANSA YOGANANDA – AUTOBIOGRAFIA DE UM IOGUE CONTEMPORÂNEO)



Veja que esplêndido esta fala em seu livro de PARAMAHANSA YOGANANDA – vou repetir e comentar: - “sintonizando Deus – frequências e sintonia representam HARMONIA e RECIPROCIDADE da mesma forma como você faz para assistir seu canal preferido de TV, rádio, ou fazer uma ligação telefônica. Se você não consegue RECIPROCIDADE do outro a quem você chama, é porque está faltando HARMONIA para completar a SINTONIA e efetivar a CONEXÃO.
Então Yogananda diz que a “mente de Sri Yuktéswar captara o programa de eventos cármicos – programa de episódios, tudo o que falamos anteriormente, ou seja, há uma infinidade de episódios que nos programam a mim e a você para ser quem somos. Por causa disto só você poderá SER e FAZER o que tem que ser feito;
 
vagando no éter de meu futuro.” Vagando no éter do meu futuro, diz Yogananda, se referindo ao infinito (vagando no éter) e futuro que todos sabemos, é infinito.

Ou seja, Yogananda nos passa a clara mensagem que o seu guru Sri Yuktéswar conhecia a frequência de conexão com Deus e conseguia captar todos os eventos para a vida de Yogananda, e que ele (Yogananda) admitia como sendo cármicos, ou uma incumbência em seu futuro, e tudo isto lhe veio à mente quando ele ao provar morangos as memórias lhe vieram à tona, trazidas do “éter” – ou da integração entre Universos – o local e o externo. Mas antes, brotou no mental. E tudo isto devidamente guardado em nossas mentes.
Outra interpretação à luz da física quântica no mesmo livro de PARAMAHANSA YOGANANDA

- Por longo tempo me exercitei numa introspecção honesta, aproximando-me da sabedoria por um caminho invulgarmente doloroso. O auto-exame, a implacável observação dos próprios pensamentos, é uma experiência árdua e devastadora. Pulveriza o ego mais renitente. A verdadeira auto-análise opera matematicamente para produzir videntes. Ao contrário, quem envereda pela extrospecção, pelas auto-aprovações, torna-se egoísta, fiado em seu direito à interpretação particular de Deus e do universo.

“A verdadeira auto-análise - meditação, que vem da harmonização quântica, sintonia com a divindade e consigo mesmo-, opera matematicamente  - a matemática é código de toda a vida. Fibonacci para o crescimento; as oitavas para produção de uma melodia, e quando fora deste padrão forma ruídos; o PI é um número que tem origem da divisão entre o perímetro (medida do contorno) de uma circunferência e seu diâmetro (o segmento de reta entre dois pontos de uma circunferência e que passe pelo centro). A divisão entre essas duas medidas, será sempre 3,14159265359 (os primeiros números, porque o PI é infinito (Se ao dividir não aparecer o numero PI, não é um circulo). E inúmeros outros códigos matemáticos conhecidos desde a Idade Média que regem toda a vida. “Sem os recursos da Matemática não nos seria possível compreender muitas passagens da Santa Escritura.” (Santo Agostinho).

“para produzir videntes.” A matemática estatística é usada para prever inúmeros eventos em várias áreas do conhecimento humano. A matemática nos permite localizar com exatidão, a posição de aviões, e no caso de estrelas, planetas e todos os elementos do espaço, sua respectiva posição em bilhões de anos à frente.

“Ao contrário, quem envereda pela extrospecção, pelas auto-aprovações,” A extrospecção é o uso de métodos científicos objetivos para estudar o comportamento e ambiente diretamente e se opõe à introspecção que análise a si mesmo. Se “auto-aprovando” Yogananda nos diz que não reconectará com os Universos interno, local e externo, então “torna-se egoísta, fiado em seu direito à interpretação particular de Deus e do universo.” Quando você se volver egoísta, você se torna individualizado, egocêntrico, e fecha, rompe com as inúmeras possibilidades possíveis de existirem, demonstradas pela física quântica gerando apenas uma única possibilidade, A SUA em relação aos UNIVERSOS – Lei da Atração e sua explicação sobre Deus. E nós sabemos que na natureza quântica existem infinitas possibilidades, e testar AO MESMO TEMPO todas estas possibilidades que gerarão um evento é fundamental para encontrar o episódio certo para seguir adiante. Ora, se a sua extrospecção é extrema, sem dar a mínima chance para a introspecção, você fecha o canal de máximas possibilidades quânticas. E é na AUTO-APROVAÇÃO quando você se admite correto e certo em função do seu egoísmo, você terá apenas uma única possibilidade que nem foi testada. A possibilidade de você estar com o evento errado é de quase cem por cento, porque apenas um é o melhor entre todos no infinito e certamente você não escolheu o correto porque não avaliou uma amostragem maior.
Com extrospecção e logo a seguir com o egoísmo você anula todas as outras possibilidades, e cai no evento errado.
Um cético é extrospectivo.


Para isto nos serve em nosso dia-a-dia, a física quântica. Esta é a beleza da física quântica: - poder interpretar com clareza o que os Mestres de várias correntes do pensamento humano, como acabei de fazer aqui, com o iogue e guru indiano, PARAMAHANSA YOGANANDA um dos maiores emissários da antiga filosofia da Índia.
E gerir com mais cuidado os eventos em nossas vidas.


E depois que você percebe que a física quântica “entrou em você”, estas interpretações são “automáticas” em sua mente, remetendo-o diretamente para compreender mais profundamente e com clareza o que eles querem dizer com aquilo que escreveram.


Dr. Anita Goel, M.D., Ph.D (No documentário AWAKE), nos diz que a Física Clássica ou Newtoniana falhou ao reconectar o homem à espiritualidade. Então agora nós temos a física quântica para nos ajudar a compreender melhor, todos estes autores iluminados e sagradas escrituras. Uma tarefa mais simples doravante, pois com mais facilidade saberemos o que eles estavam dizendo e auxiliar-nos nessa nossa reconexão.


No mesmo documentário, Andrew B. Newberg  - Neurocientista estuda também a plasticidade do cérebro nas energias relacionadas no procedimento de meditação. E são incríveis as áreas que são despertas em nossa mente e corpo durante a meditação, e as energias que percorrem o sistema cérebro-espinhal.
Falei dos mestres iluminados e escrituras, agora vamos ver a física quântica na prática.

Mais do que nunca um pouco de física quântica nos mostra a íntima relação existente entre o que denominávamos de espiritual e a possibilidade da relação com o material.

A física quântica nos esclarece com muita liberdade e arremessa uma imensa luz onde antes havia algo que nos parecia tão obscuro e difícil de ser entendido e hoje é claro, real e palpável.



Um dos últimos grandes eventos demonstrados pela física quântica, foi a comprovação da existência de mundos paralelos, pois o computador quântico “funciona” pela superposição de estados quânticos, ou seja, resumidamente, uma partícula pode ser “onda” e “partícula” ao mesmo tempo, mas ela só pode ser onda e partícula ao mesmo tempo, se cada estado quântico ocupar um plano dimensional distinto, e em algum momento no espaço tempo, estas partículas entrelaçadas  “entre mundos”  se comunicarão. O D-WAVE é o computador quântico produzido pela NASA e pela GOOGLE, que tem em seu núcleo um processador quântico que usa a superposição de estados quânticos, por partículas previamente entrelaçadas ENTRE PLANOS PARALELOS de existência,  e ninguém ou muito poucas pessoas não sabem ou se souberam não entenderam a dimensão disto tudo. Um dos criadores do D-WAVE (são vários os cientistas envolvidos) disse que "esta máquina é cem milhões de vezes mais rápida que o mais rápido computador do mundo que existia até então, e adiantou em 10 mil anos (eu vou repetir: - dez mil anos) a capacidade de cálculo do ser humano.".
E isto tudo é dito pelos seus criadores. Cientistas e pesquisadores das mais variadas áreas.


E o que eu disse eu me referia ao D-WAVE 1. Hoje já estamos no D-WAVE 2. E cada uma destas máquinas trabalha hoje para construir a próxima, pois ela pode reunir todo o conhecimento humano, eu disse TODO. Todo conhecimento de biologia, matemática, história, geometria, etc...

















Então seja caprichoso com o que você estiver fazendo, porque todos os eventos do infinito até o dia de hoje em você trabalharam para fazer de você o que é. Goste ou não.

Seja o MELHOR AUTOR e/ou MELHOR COLABORADOR que lhe for possível com o que você tem no momento.

Então quem se esforçar para “desmistificar” a profunda relação entre física quântica e espiritualidade, estará inserido num imenso processo de extrospecção, e “lotado” de auto aprovações; egoísta, não terá condições de perceber que está na contramão do que falam Cientistas poderosos e Iogues energeticamente intensos. E tais céticos, ficarão esquecidos na história.

Talvez este seja o papel como COLABORADOR que eles precisam desempenhar no Universo Local: - mostrar QUAL O CAMINHO a NÃO SER SEGUIDO.

Hoje, mais do que nunca, você está sendo construído pelo tempo gasto nas coisas que aceitar. Sua sensibilidade estará atenta ao que você ver; ao que ler; aos aromas; ao que ouvir e no que tocar. A Criação estará servindo para edificar sua vida e todos os eventos num futuro imediato da sua existência na mais perfeita plenitude; As coisas ocorrem rapidamente. Então, preste atenção naquilo que advir aos seus cinco sentidos: - Elegendo com sabedoria e coexistindo em harmonia, eles mais do que nunca serão os canais da criação do seu novo mundo, portanto, faça bem suas escolhas por que elas serão a sua Luz. Ou a sua escuridão.
(Dê Estrada ao Tempo e Espaço ao Vento – Livro pela PerSe)



 Clique na imagem para comprar na PerSe

Clique na imagem acima para comprar o seu na PerSe

Clique na imagem abaixo para comprar o seu na Amazon

 Clique nesta imagem para comprar na AMAZON


Para saber mais visite e leia os artigos:
A ERA DO RACIOCÍNIO QUÂNTICO página no Facebook.

Um livro com textos que fazem você "sentir" as inúmeras possibilidades da sua vida: 
Clique na imagem para ir para Editora PerSe

 Compre o seu na PerSe


Parcial do livro ainda não lançado:
PORQUE A LEI DA ATRAÇÃO NÃO FUNCIONA – da forma, maneira ou velocidade que você desejaria.


terça-feira, 13 de setembro de 2016

SABER QUE VOCÊ ESTÁ AGORA EM INFINITOS UNIVERSOS PARALELOS PODE EXPLODIR SUA MENTE?

Então leia.
Somos partículas e onda ao mesmo tempo.
Se você fosse sempre “partícula” nem eu nem ninguém poderíamos enxergar você, porque você não “vibraria”.
Se você não vibrar, uma frequência não será criada, e uma “onda” da sua “imagem” não viajaria de onde você está, até onde eu estou, estimulando pelo menos um dos meus sentidos, a visão.
A sua TV recebe uma imagem na tela, porque uma onda (que tem uma frequência única para cada canal) vem da emissora e é recebido em seu aparelho. Sua TV pode enxergar vários canais, porque cada um deles possui uma frequência diferente do outro canal.
Nossos olhos enxergam também diferentes frequências; aliás, cada “coisa” que você enxerga, tem uma frequência vibratória diferente da outra. Reconhecemos as “coisas” inclusive as pessoas, porque cada uma destas “coisas” ou “pessoas”, possui um frequência, uma vibração que emite uma onda que é específica daquela “coisa” ou pessoa.
O seu smartphone acessa vídeos no Youtube® porque uma onda (que também tem uma frequência única) chega até seu aparelho, e você assiste.
Você lê uma página na Internet, porque ela tem uma frequência diferente da outra, que é representada por um endereço.
Cada perfil no Facebook é uma frequência, numa onda que é emitida desde o servidor até seu computador, smartphone, tablet, etc.
Por causa disto você se lembra de uma foto de um amigo num perfil, e pode encontra-lo novamente numa rápida pesquisa.
Uma ligação no celular, e você ouve a voz da pessoa, e você reconhece. Há uma frequência “viajando” até seu smartphone, e há outra frequência na voz do seu amigo, por isto você sabe quem é.
A frequência da voz deste conhecido está registrada em seu cérebro. Se não estiver, e você atender, ao ouvir a voz, você dirá: “-Quem é?”; porque a frequência desta voz que você não conhece, não está registrada.
Se você ouve rádio, 109.7 MHz 660 khz, e outras talvez queira dizer muito para você. É a sua rádio, emissora preferida. E para fazer o rádio “ouvir” você precisa “sintonizá-lo” na frequência correta da emissora.
Nossos olhos fazem isto automaticamente.
E se você fosse somente “onda”, eu e qualquer outra pessoa somente poderíamos enxerga-lo apenas uma única vez, aquela em que num exato momento sua frequência passasse por mim ou por nós e atingisse um dos meus sentidos, pelo menos a visão.
É como na TV. Os últimos segundos da cena anterior do filme, você não poderá ver mais, porque a “onda” emitida, já foi “vista” por sua TV, e recebida pelos seus olhos, e sumiu no espaço.
Assim como não podemos ver mais os momentos anteriores deste filme que está passando na TV (ou qualquer outro programa), se nós Seres Humanos, e toda a realidade que podemos ver fossemos apenas “onda” eu veria apenas uma única vez, pois a sua “onda” atingiria o sentido da visão, e seguiria um rumo para o espaço. Não há uma partícula de origem para vibrar.
E como é que podemos ser “onda” e “partícula” ao mesmo tempo? Porque nossa estrutura corporal é composta por átomos. O corpo humano é formado por 7 octilhões de átomos, vibrando, e dando forma a todos os nossos órgãos.
Cada átomo é composto por um núcleo com partículas chamadas prótons e nêutrons. E girando em torno deste núcleo se encontra o elétron.
Não esqueça, somos constituídos por estas partículas.
E elas vibram, e podem ser ondas além de partículas. Elas estão num estado chamado de “sobreposição quântica”; Elas estão literalmente em dois estados ao mesmo tempo.
E para estarem ou ficarem em “dois estados ao mesmo tempo”, elas precisam estar em Universos Distintos, ou se você preferir, Universos Paralelos. Neste Universo uma partícula esta sendo apenas partícula, mas no outro Universo ela é uma onda. E ambas fazem parte do TUDO e do TODO que podemos ver e sentir. E elas se vinculam em ambos os Universos, porque num determinado ponto X, entre este Universo e o Universo paralelo elas estão conectadas através do entrelaçamento quântico.

Não é nada difícil de entender. Mas é muito difícil de aceitar. Eu sei.
Mas a verdade é que O TUDO e o TUDO e obviamente eu e você e todos nós, estamos em infinitos planos paralelos ao mesmo tempo. Não esqueça, somos constituídos por 7 octilhões de átomos, com muitos mais octilhões de elétrons que estão entrelaçados entre si com seu par um em cada plano, sendo onda ou partícula, em diferentes Universos paralelos porque somente estando em diferentes planos paralelos é que podem estar ao mesmo tempo em dois estados distintos.
E quê os Universos Paralelos estão mais próximos do que imaginávamos.
Ao alcance da sua mão.
E tudo isto está sendo comprovada pela construção e funcionamento do DWAVE, uma revolução tecnológica e social que já está em andamento.
Você pode saber mais aqui: http://o20nivel.blogspot.com.br/2016/09/como-comecar-entender-tudo-isto.html

 Clique para adquirir o seu na Amazon

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

COMO COMEÇAR A ENTENDER TUDO ISTO?


DWAVE – O Computador Quântico que vai mudar o mundo, e está fazendo “coisas” que o seu computador ou qualquer outro, não consegue.
“Nesta Era, a Ciência alcançou o ponto exatamente agora onde estão sendo construídas máquinas que estão explorando mundos paralelos.”.
“Neste computador quântico, o qubit está em uma “estranha situação” onde estes DOIS UNIVERSOS PARALELOS possuem um conexão, um ponto no espaço onde se superpõem e se comunicam. E na medida em que aumentamos a quantidade de dispositivos funcionando por qubits, duplicamos o número de Universos Paralelos que podemos ter acesso.”

“Se formos suficientemente inteligentes, poderemos submergir dentro destes universos paralelos e “pegar” os seus recursos e trazê-los ao nosso Universo, e produzir um “efeito” em nosso mundo.”

“O que estou dizendo para vocês, é ABSOLUTAMENTE CORRETO e está alinhado com a forma como de fato estas máquinas (computadores) funcionam.” “Se juntarmos todos os átomos de silício que existem no mundo para produzir o mais sofisticado processador estilo Intel que for possível construir, existem problemas que nunca, jamais poderão ser resolvidos com este superprocessador, mas apenas com um computador quântico.”

“A humanidade está no ponto mais alto da mais importante revolução tecnológica e social que jamais ocorreu alguma outra vez. As máquinas que estamos construindo, nos deixarão para trás, em todos os aspectos. Não falo de melhores calculadoras, melhores motores de busca (como Google, p. ex.), mas melhores que nós, em TUDO. Estamos muito próximos, e acredito que em até 15 anos teremos “máquinas” que deixarão “para trás” os humanos em ABSOLUTAMENTE TUDO.”

Palestra de 17 minutos do Dr. Geordie Rose, Fundador e Diretor de Tecnologiada D-Wave (http://www.dwavesys.com/our-company/leadership), conhecido como um dos principais defensores da computação quântica e designer do processador baseado em física quântica, para o ideaCity1. Convidado para falar sobre estes temas em locais que variam de TED e TEDx eventos para conferências da indústria, científicas e executivos. PhD em física teórica da Universidade de British Columbia, especializada em efeitos quânticos em materiais. Dr. Rose escreve regularmente em Blog Hack The Multiverse (“cortando” o Multiverso).
1 ideaCity é um encontro eclético de artistas, autores, cosmólogos, designers, artistas, cineastas, inventores, músicos, cientistas e tecnólogos. http://www.ideacity.ca/
TUDO NA VIDA HÁ UM TEMPO PARA GESTAÇÃO.
Só existe fruta se houver flor, e só haverá flor se for primavera. Mas pode ser primavera e não existir uma única planta então não haverá flor! Pode existir uma planta, mas não mais a água... E por não existir água, não existirão plantas ou árvores, por que sementes não germinaram em solo seco. Mas pode existir água, e todas as plantas e arvores terem sido cortadas... Ou não haverá quem semeie... Então deixe ser primavera, e simplesmente não corte as plantas nem as árvores! Semeie, por que nascerão flores e então existirão frutos com sementes! Porque a melhor possibilidade é sempre semear. Por que é esta, de todas as infinitas possibilidades existentes, a escolhida pela natureza! Por que é a única que traz embutido o amor, e amor em solo fértil, brota e prolifera. E contagia.

 CLIQUE NA IMAGEM E COMPRE O SEU.
Clique na capa do livro para ir ao site da AMAZON.

sábado, 2 de abril de 2016

Ela vai parir.


Bem... É a primeira vez que escrevo no.meu blog a partir de um smartphone, e não é fácil editar um texto a partir de um telefone. Mas não tenho outra opção para colocar a ideia, ou pensamento que me veio na mente. Então, vamos lá " tempos mais que modernos" tentar está façanha, que já parto tomado pela satisfação de ver que as letras são bem grandes. Espero poder acompanhar tamanha longitude com meu texto.
Ninguém pode negar que estamos com.k humanidade passando por uma enorme transição. Isto é líquido e certo. Está aí para quem quiser e puder ver. Como um parto que se aproxima do final duma gestação, em breve o ponto de ruptura será atingido, e o que rompe? A bolsa. O feto que nascerá, somos nós. A bolsa a cada dia que passa enche e se preenche de líquido, aprontando o parto, e quando se expandir ao máximo que a elasticidade permitir, nós seremos literalmente paridos. De um lado o velho mundo, que luta por manter a humanidade e sua sociedade de humanos, presa a velhos e antiquados conceitos, de valores, entre eles o de uma educação antiquada; uma relação entre humanos baseada na segregação, por raça, credos, cor e preferência sexual, separando a humanidade em castas de zumbis obcecados por serem diferentes de outros zumbis. Uma cultura que pouco ou nada vem contribuindo para tirar o ser humano da escuridão, e eu aprendi que foi na idade média que existiu a "era das trevas", mas é agora que vemos uma ciência obscura, que defende interesses corporativistas, pelo poder em forma de conhecimento de ponta, tratado como tecnologia de uma pequena elite dominadora. O rolo, a lista é grande, não cabe aqui, mas eu sei que você sabe, por que sente. Basta sentir, para saber. É isto mesmo, volte s ter fé nas coisas que você sente, pois elas são suas experiências, e são verdadeiras e elas vão absolvê-lo ou condena-lo, e sua decisão e resposta frente a sua consciência, é quem vai pesar ou aliviar sua existência, conforme o caminho que você tomar, mesmo, por exemplo, sabendo que está errado, seguir em frente, mas que em verdade o estará levando para trás.
Pois bem, dentro deste útero que se expande, estamos todos nós, e o líquido que o preenche, é paradoxalmente criado por esta mesma estrutura que hora se esforça por manter a rigidez deste mundo encarquilhado.
Quando a bolsa romper, e não falta muito tempo, seremos expelidos para um novo mundo que nós desconhecemos totalmente. Não saberemos mais quem somos, ou fomos, nem saberemos muito bem onde estamos. Pense no dia do seu nascimento. Lembrou? Não né? Pois então, será quase a mesma coisa; a diferença está no tamanho: - Você será um adulto consciente, recém parido. Alguns não "nascerão", o útero irá murchar e eles ficarão " presos " em seu interior, até que a velha máquina comece a funcionar, e durante milhares de anos, produzir os mesmos conceitos que continuarão a escravizar aqueles que ficaram, e os filhos dos filhos,vdos filhos. E tudo começará do zero novamente, até que muitos e muitos séculos depois, outro parto se viabilize.
E você? Vai colocar a cabeça para fora e sair ou ficará? Decisão difícil, mas se você optar por ficar, é por que nem sabia o que estava acontecendo. E você que optar por ser "expelido" não tem garantias do que esperar do lado de "fora". Mas não se preocupe. Apenas aqueles que forem necessários, passarão, pois o Universo tem o melhor " custo benefício " do "mundo". Não dá para "jogar" errado. Enfim, não é uma decisão fácil, mas não também você não decidirá nada na hora do parto. A decisão foi, ou deveria ter sido anterior, muito tempo antes, tentando ir além bdos seus cinco sentidos, claro se você sentiu necessidade de trabalhar isto corretamente em você.
De qualquer forma, a "mãe" de todos os partos, está próxima do último mês de gestação, algumas "crias" estão prontas, outras nem tanto e algumas nunca ficarão em centenas de gestações, que duram milhares de anos.
A melhor opção é se auto avaliar, para saber quem você é, ou o quê deveria ter sido. E se preparar quando a "mãe" começar a gemer. Não há cesariana.
Vamos à luta, por que o parto é certo é a decisão deve ser avaliada agora. E tem lugar para todos. A Criação é perfeita. Ninguém é maior nem melhor, mas mais ou então menos preparada. Mas isto é por sua conta.

O Vigésimo Nível - Clique para ler

Uma Amor Para Lembrar - Clique para ler

O Poder da Intenção - clique para ler

O Vigésimo Nível no BUSCAPÉ

Compare e compre: Clique aqui

O Vigésimo Nível na Livraria Saraiva

Compre direto na Livraria Saraiva: Clique aqui

O Vigésimo Nível na Livraria Cultura

Compre direto na Livraria Saraiva: Clique aqui